Lesões no pé ou tornozelo

8 jan

As queixas sobre dor no pé são muito frequentes entre os bailarinos que fazem exercícios de ponta, que são exercícios característicos do ballet e não das demais atividades esportivas. Na ponta, o peso do corpo – que normalmente é distribuído ao longo de todo o pé – se concentra numa área reduzida, sobrecarregando essa área, que também fica sobrecarregada porque nos exercícios de ponta o amortecimento que normalmente ocorre no tornozelo deixa de ocorrer.

Uma grande variedade de lesões é comum tanto nos pés dos bailarinos como nos de outros atletas. No entanto, por sobrecarregarem partes diferentes do corpo, a prevenção e o tratamento são diferenciados e devem ser diagnosticados por médicos especializados, capazes de orientar cada atleta de acordo com suas diferentes necessidades.

Uma das lesões frequentes entre os bailarinos e que pode se tornar dolorosa é o halux valgo, popularmente conhecido como joanete. O tratamento cirúrgico, muitas vezes indicado em sua correção, deve ser evitado enquanto o bailarino continuar a fazer exercícios de ponta ou meia ponta, uma vez que pode levar a certa limitação na mobilidade do halux – ou dedão. Isto pode não ser um grande problema para a maioria dos atletas, mas no caso dos bailarinos pode até levar ao encerramento da carreira.

Outro problema bastante comum entre os bailarinos e que raramente acomete os atletas de outras especialidades é a tendinite do tendão flexor longo do hálux. Durante os exercícios de ponta, é este tendão que mantém o dedão em sua posição. Médicos que não estão acostumados a avaliar bailarinos muitas vezes nem diagnosticam essa tendinite, já que ela é muito pouco comum na população em geral, e em muitos casos chegam até a retirar esse tendão para usá-lo como enxerto em determinadas cirurgias, uma vez que faz pouca falta para a maioria das pessoas.

Em relação ao tornozelo, o impacto posterior do tornozelo decorre do impacto entre os ossos na região posterior do tornozelo, gerando um processo inflamatório no local. Certas pessoas têm predisposição a esse tipo de lesão, e entre estas o trabalho contínuo de ponta pode levar ao desenvolvimentodo impacto. Vale lembrar que lesões nos pés de bailarinos são bastante frequentes e que sinais de impacto detectados em exames de imagem nem sempre revelam dor nem tampouco indicam a necessidade de tratamento. Assim, antes de realizar qualquer forma de tratamento para essas lesões é importante ter certeza de que ela é realmente a causa da dor.

Em relação às lesões traumáticas, a mais frequente é de longe o entorse do tornozelo, não apenas nos bailarinos mas em atletas em geral e mesmo na população não atlética. É importante salientar, porém, que o entorse do tornozelo pode ser bem mais incapacitante entre os bailarinos do que entre os não atletas, e que o acompanhamento adequado pelo médico e pelo fisioterapeuta é necessário para evitar que se desenvolva uma instabilidade crônica do tornozelo, caracterizada por episódios de torção e pela sensação de falta de firmeza.

A tendinopatia do tendão de Aquiles, as fraturas por estresse e diversos outros problemas podem ainda estar associados ao pé do bailarino, e a avaliação e o diagnóstico precoce das queixas é importante para que se faça o tratamento correto antes da lesão evoluir e tornar-se muito mais difícil de tratar.

Anúncios

11 Respostas to “Lesões no pé ou tornozelo”

  1. Tatiane Rocha 19 de janeiro de 2012 às 23:56 #

    Olá!
    Tenho sessemeroide bipartido.
    O que devo fazer?
    qual o tratamento correto para este problema?

    Grata
    Taty Rocha

    • João Paris Buarque de Hollanda 20 de janeiro de 2012 às 0:15 #

      Oi Tatiane
      O sesamoide bipartido é um resquicio do periodo de crescimento do osso que eventualmente pode permanecer na vida adulta e que isoladamente não é causa de dor. Você provavelmente tem dor no dedão do pé, o que é uma das queixas mais frequentes de bailarinas que fazem exercicios de ponta. A primeira coisa a fazer é, portanto, fazer uma avaliação para saber exatamente qual é a causa da sua dor…

      • Tatiane Rocha 20 de janeiro de 2012 às 12:21 #

        OlÁ!
        Muito obrigada por me responder.
        Então o médico disse que o espaço entre um osso e o outro inflama, mas meu pé doí demais. Nem tenho força suficiente pra subir na ponta.

  2. Camila 22 de abril de 2012 às 15:13 #

    Há como amenizar/corrigir o halux valgus de outra forma que não cirúrgica? Tenho pé grego e o halux valgus exacerba a diferença entre o 1º e o 2º dedos.

    • João Paris Buarque de Hollanda 22 de abril de 2012 às 18:32 #

      Oi Camila
      Infelizmente não, a única forma de se fazer isso é com cirurgia, e deve-se sempre evitar a cirurgia no caso de bailarinas, pois é muito comum que se diminua um pouco a mobilidade do dedo, o que para a maioria das pessoas não é grande problema, mas que para uma bailarina que dance na ponta pode ser desastroso. Existem cintas contensoras para halux valgo, a venda em lojas ortopédicas, que podem ajudar a controlar um pouco a dor, quando o halux valgo for doloroso, mas que nem corrigem e nem impedem a progressão da deformidade, como dizem muitos vendedores. Esta cinta pode ser usada quando não estiver dançando, mas acaba atrapalhando nos movimentos da dan;ca também.

  3. Giovana 29 de maio de 2012 às 15:28 #

    Olá João,sou bailarina e cerca de três meses atrás torci meu tornozelo fazendo aula. Estava com meia ponta e torci na queda de um salto (ou seja, todo meu peso em cima). A torção fez barulho de elástico arrebentando, na hora pensei que pudesse ter rompido ligamento. Coloquei gelo imediatamente e fui ao pronto atendimento. O ortopedista tirou radiografia e disse que não era nada grave, tinha sido apenas uma torção e que eu poderia voltar a dança uma semana depois. Fiz tudo como ele mandou e depois de uma semana voltei a fazer aula.
    Bom, o problema é que meu pé não volta a ser como era antes, não tenho a mesma “flexibilidade” e força que tinha antes (ele não estica quase nada), além de sentir muita muita muita muita dor, por vezes insuportável. Marquei outro ortopedista e consegui consulta só para daqui um mais ou menos 2 meses. Só que eu estou com medo de continuar a fazer aula e piorar. Tenho medo também de nunca mais conseguir dançar na ponta. Você já viu alguma lesão assim?
    Muito obrigada desde já e parabéns pelo blog.

    • Daiane 17 de dezembro de 2012 às 17:11 #

      Eu tenho fratura do sesanomoide ou bipartido. Já imobilizei, fiz fisioterapia, tomei remédios. Meu caso é cirúrgico? Todo caso de sesamoide tem que operar?

  4. Jussara Thomaz 31 de outubro de 2012 às 1:10 #

    Boa noite!
    Danço há 14 anos, e de um tempo para cá tenho sentido uma dor muito forte na parte frontal do tornozelo esquerdo. Quando estou usando ponta esta dor se intensifica, é uma dor forte, queima. Perco totalmente a força do tornozelo. Pode ser tendinite? O que posso fazer para amenizar esta queimação?

    Obrigada,
    Jussara Thomaz.

  5. isabelaterribili 26 de março de 2014 às 18:02 #

    Olá, tenho dores intensas no tornozelo, o que pode ser?
    Mesmo com meus dias de descanso (passando o final de semana) ainda sinto dores.
    Faço ballet na ponta.
    Abraços.

    • João Paris Buarque de Hollanda 2 de abril de 2014 às 11:11 #

      Isabela,
      Este site tem o objetivo de dar uma visão geral sobre as lesões relacionadas a dança. As dores podem estar relacionadas a uma série de lesões diferentes, recomendo que faça uma avaliação médica.

  6. Nana Grassi 11 de setembro de 2014 às 1:51 #

    Boa noite, fui diagnosticada com Tendinose no Tendão Calcâneo e tenho feito fisioterapia utilizando Plataforma de equilíbrio, faixa de theraband para exercícios para o tornozelo e aplicação de ultrasom, mas as dores persistem e não tenho sentido melhora significativa.
    O que mais posso fazer?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: